Varejo Digital

05 Abr 2012

Preços na internet ficam 0,88% menores em março, mostra Fipe/Buscapé

Os preços cobrados no comércio online recuaram 0,88% em março, ante ao mês anterior, após caírem 0,68% em fevereiro, aponta o Índice Fipe/Buscapé. Com o resultado de março, o segmento acumula queda de 9,48% em 12 meses.

 

Entre fevereiro e março, 123 dos 151 produtos monitorados ficaram mais baratos, com destaque para piscina (-2,1%), pen drive (-2,1%), tocador de blue ray (-2,1%), bola de futebol (-1,9%) e câmera digital (-1,9%). Na ponta contrária, ficaram mais caros: memória para computador (5,1%), toner para impressora (2,8%), freezer (1,6%) e joystick (1,3%).

 

Das dez categoriais que compõem o indicador, somente a dos eletrodomésticos apresentou alta no período, de 0,19%. O aumento reflete os reajustes em nove produtos, dentre eles refrigeradores (0,78%), fogões (0,35%) e climatizadores (0,82%). “Uma parte significativa da queda de eletrodomésticos em dezembro, quando houve a redução do IPI para linha branca, está sendo recomposta”, explica o pesquisador da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), Sérgio Crispim. Em dezembro, os eletrodomésticos ficaram 4,20% mais baratos. Já no primeiro trimestre de 2012, o grupo acumulou alta de 1,51%.

 

Nas demais categorias, houve quedas de preços entre fevereiro e março: cosméticos e perfumaria (-0,12%), brinquedos e games (-0,28%), casa e decoração (-0,54%), informática (-0,67%),  moda e acessórios (-0,90%), telefonia (-1,18%), esporte e lazer (-1,25%), fotografia (-1,80), eletrônicos (-1,94%).

 

Fonte: Valor Econômico

Carrinho de ComprasCarrinho de Compras: 0 item(s)