Varejo Digital

20 Mar 2012

Pedir comida pela Internet vira um novo nicho de mercado

A encomenda de comida pela Internet ganha cada vez mais adeptos no Brasil. O valor do ticket médio do pedido feito pelo delivery na Internet chega a ser 20% superior ao feito pelo telefone e isso tem atraído muitas empresas como a iFood, quetrabalha com grandes redes alimentícias: Bob's, Pizza Hut, KFC, The Fifties, entre outras.

 

A empresa é responsável apenas pela intermediação e o estabelecimento deve ter os seus próprios funcionários para realizar as entregas . Com a demanda em alta, e empresas grandes já utilizando a plataforma, a perspectiva da iFood é fechar o primeiro ano de funcionamento com mais de mil restaurantes com a plataforma em operação, entre São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Santos e também Jundiaí.

 

O objetivo da companhia é expandir para outros estados e chegar a mais de 5 mil restaurantes e redes de alimentação cadastrados até 2015. A empresa fechou o primeiro bimestre de 2012 com faturamento de R$ 1,5 milhão e espera crescer 30% ao mês até o final do ano. Atualmente são atendidos 20 mil pedidos/mês pelo site, que já é responsável por 30% de todas as entregas da Pizza Hut, 25% do Bob's e 20% do KFC.

 

O serviço não é exclusivo, e a iFood tem dois grandes concorrentes neste mercado: RestauranteWeb e PedidosJá, empresa esta que começou a funcionar há três anos no Uruguai, com 40 restaurantes. Hoje está em seis países da América Latina. No Brasil, eles atuam em São Paulo e já atendem aos pedidos on-line de redes como Burguer King e General Prime Burger. Eles chegam a receber 1600 pedidos por dia e afirmam ter crescido dez vezes no ano passado. "A nossa última novidade é que lançamos o serviço na Colômbia, então estamos com muito trabalho e grande expectativa", afirma Álvaro Garcia, diretor de marketing da PedidosJá.

 

Fonte: DCI

Carrinho de ComprasCarrinho de Compras: 0 item(s)